seguro automovel
seguro automovel
Mundo Automotivo Seguro Veicular Tecnologia VAI

A melhor alternativa de baixo custo para seguro veicular

A cada minuto um carro é roubado ou furtado no Brasil, segundo dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Ainda assim, estima-se que cerca de 74% da frota de veículos do País não possui seguro automotivo conforme a Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais (CNSEG). Dentre os fatores que afastam os condutores dos seguros, destaca-se o valor elevado da apólice.

Atenta a esse cenário a Wings, empresa brasileira especializada em tecnologia automotiva, utilizou-se das inovações de conectividade móvel e inteligência artificial do VAI (Vehicle Artificial Intelligence) para desenvolver novas funções de segurança e ofertar ao mercado uma alternativa de baixo custo ao seguro automotivo.

O dispositivo, capaz de rastrear todas as informações do automóvel, custa a partir de R$ 18/mensais. Ele também monitora o veículo via celular por meio de um aplicativo. Tendo à disposição funcionalidades como o Estacionamento Seguro, por exemplo. Nesta função, o condutor é notificado em qualquer tentativa de partida do veículo, quando estacionar em um local suspeito.

 

Com preços a partir de R$ 18/mensais, dispositivo avisa motorista quando veículo dá partida e sai de área delimitada.

 

Com o VAI também é possível delimitar a área em que o veículo pode circular. Por meio de um mapa, o motorista seleciona um perímetro permitido para circulação e é avisado caso o veículo ultrapasse essa fronteira. Uma outra função permite ainda delimitar a velocidade máxima do veículo por determinado período. Tudo isso com um tempo de resposta entre movimentação do veículo e notificação de aproximadamente três segundos.

Segundo João Marcelo Barros, diretor da Wings, com as novas funções de segurança o VAI se aproxima ainda mais das necessidades dos clientes. “Quando analisamos que a contratação do VAI custa a partir de R$ 18/mensais, enquanto o seguro de um Hyundai HB20, por exemplo, sai em torno de R$290 em São Paulo e até R$1083 mensais no Rio de Janeiro, é possível perceber quanto as tecnologias digitais surgem para romper a forma tradicional de fazer negócios e gerar economia e mais comodidade para o público”.